Lançados na SEMOC dois Estudos da Pós-Graduação em Família na Sociedade Contempoânea e em Políticas Sociais e Cidadania (PPG-FSC e PPG-PSC)

A Semana de Mobilização Científica - SEMOC - é uma atividade promovida anualmente pela Universidade Católica do Salvador (UCSal), integrando a programação regular de atividades do calendário acadêmico. A série SEMOC tem gerado importantes desdobramentos para o fortalecimento da ambiência acadêmica, dentre os quais se inclui o estímulo à sensibilização e mobilização dos diversos segmentos da comunidade universitária, com repercussões na produção e socialização da pesquisa científica, no intercâmbio de atividades culturais, na articulação entre os campi e entre diferentes instituições.

 

Neste já tradicional evento anual, docentes, discentes, funcionários, pesquisadores e comunidades realizam atividades diversas em torno das temáticas selecionadas, que inclui conferências, mesas redondas, jornadas de pesquisa, debates, apresentações de trabalho, oficinas e atividades culturais.

 

A sucessão de temáticas centrais da série SEMOC demonstra um encadeamento lógico e tradutor do mérito privilegiado pela UCSal. Circunscrito nas preocupações explícitas com questões sociais e com princípios basilares de cunho universal, articula-se, dessa forma, com a proposta pedagógica institucional, como, também, evidencia a tendência de colocar no centro dos debates temas de ampla abrangência e de abordagem interdisciplinar. 

 

A cultura institucional de integração das diferentes áreas do conhecimento alicerça o portfólio acadêmico da UCSal. Para a XX edição SEMOC, o evento traz como temática central “Saúde, Tecnologias e Desenvolvimento Humano”, o que possibilita experienciar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão e entre as grandes áreas do conhecimento: exatas, da saúde e humanas. Este tema se sincroniza, assim, com a diretriz institucional de pautar agendas que privilegiam reflexões de relevância social, que sejam efetivas e inovadoras na perspectiva de soluções para problemas reais que afetam a vida humana.

Fonte: UCSal. APRESENTAÇÃO. 2017. Disponível em: http://noosfero.ucsal.br/20a-semoc/apresentacao

As professoras Sheila Rocha (vestindo azul) e Érica Rios (vestindo vermelho) brindaram a comunidade acadêmica e a sociedade baiana com dois estudos desenvolvidos no programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea e em Políticas Sociais e Cidadania da Universidade Católica do Salvador (UCSal).

Convertendo em livros as suas dissertações através do Prefixo Editorial do Centro de Estudios por la Amistad de Latinoamérica, Asia y África (CEALA), sob a coordenação do economista Rilton Primo, os lançamentos tomaram lugar na 20ª Semana de Mobilização Científica (SEMOC | UCSal), entre 23 e 27 de outubro de 2017, que tem, entre seus temas centrais, o Desenvolvimento Humano.

Com a livro PESSOAS IDOSAS NO MERCADO DE TRABALHO:  GARANTIA DE SUA DIGNIDADE, Profa. Sheila Rocha "traz a preocupação de registrar as nuances das relações sociais e familiares, sem deixar de ocupar-se de políticas e agendas governamentais atinentes à pessoa idosa", frisou Dra. Vanessa Cavalcanti, professora e investigadora do PPGFSC e de Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) da UFBA,  que acrescentou:

 

"Observando as transformações sociais e as formulações contemporâneas no que se refere às pessoas idosas, intercruzando as relações e os princípios de dignidade, trabalho e convivência, enriquece os debates atuais sobre Família, Sociologia e Direito. [...]. A matriz problematizadora e interrogativa são eixos de sua escritura e acompanham o/a leitor/a nas múltiplas referências, revisão de literatura e pesquisa empírica realizada com pessoas idosas na região baiana."

Com o livro A JUDICIALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE: INTERLOCUÇÃO ENTRE OS PRINCÍPIOS DA INTEGRALIDADE E ISONOMIA, Profa. Érica Rios propõe-se, "compreender as relações modernas de dominação sob os auspícios do fetichismo da mercadoria", questionando aspectos axiomáticos da modernidade, sublinhou Dr. Carlos Silva, docente-investigador do PPGPSC/UCSal.

 

Para Dr. Carlos Estêvão, professor Catedrático Convidado da Faculdade de Filosofia e Ciência Sociais da Universidade Católica Portuguesa. Profa. Rios

 

[...] coloca no prato da balança crítica uma questão que, para a autora, faz todo o sentido: a invasão do judiciário nas políticas públicas de saúde contamina e distorce o equilíbrio de poderes tradicionalmente constituídos: executivo, legislativo e judicial. Por outras palavras, o recurso a critérios meramente formais-legais por parte do poder judiciário na consideração e julgamento das orientações políticas ou das políticas públicas, para além de revelar o insucesso ou a debilidade da política ou a sua incapacidade de articular reivindicações e exigências de responsabilidade, ilustra igualmente a invasão (e a subversão) ilegítima da esfera jurídica na aferição da competência política.

Profa. Sheila Marta Carregosa Rocha é Doutora e Mestre em Família na Sociedade Contemporânea pela Universidade Católica do Salvador e pela Universidade do Porto/Portugal. Especialista em Direito Civil pela UFBA e em Metodologia do Ensino Superior com ênfase em Novas Tecnologias pela FBB e Psicopedagogia pela UFRJ.

Profa. Érica Rios é atualmente doutoranda em Políticas Sociais e Cidadania na UCSal  e bolsista da FAPESB. Leciona na graduação de Direito e no Eixo de Formação Geral da UCSal e pertence ao Núcleo de Estudos sobre Direitos Humanos (NEDH) da instituição.

Centro Tecnológico e Social do Pelourinho - (CTSP). 

Rua Inácio Acioly (Ordem Terceira), nº 7, Centro Histórico (Pelourinho). 

Salvador-Ba. Brasil. CEP 40.020-036

Contato: (+55) (71) 99705-0564 (Vivo | Whats App)

                 (+55) (71) 3043-2707